Pesquisar este blog

sábado, 14 de março de 2015

ENTREGUE A MORTE TODOS OS DIAS


A vida em toda sua complexidade
É sofrível e imperativa
Nos impele a passar por muitas mortes
Um luto quase que eterno!
Pessoas que se vão, sonhos que fenecem
Escolhas inevitáveis, defeitos ajustados
Morremos diariamente um pouco
A isso também nos dá vida
Esse ciclo de renovação
É a evolução de cada ser...
Que não seria possível sem findar-se.

Já que se faz necessário...
ENTÃO QUE MORRA!
Que morra o sofrimento, a ignorância
Que morra a maldade, a tristeza e a desesperança
Que morra o EU, o orgulho e a soberba
Que morra o preconceito, as agressões...
E tudo que nos impeça de viver
Que morra a morte!

(Mariane Helena)

Nenhum comentário:

Postar um comentário